[ASSUSTADOR]:O PASSADO BIZARRO E MACABRO DA BANDA "MAYHEM"

O heavy metal sempre foi um estilo musical que causa controvérsia e certa repulsa para a maioria
das pessoas.
Não é para todo mundo.
Sempre carregou aquele estigma de um estilo musical maligno no qual satã é o epicentro.
Quem gosta,sabe que este estigma na maioria das vezes,é falso,e não passa de lenda.
Mas...Como é um estilo que possui inúmeros subgêneros,bizarrices acontecem.
E um subgênero totalmente underground do metal que pode acontecer de tudo,é o black metal.
E os noruegueses do MAYHEM são um dos expoentes deste controverso estilo.
Antes de continuar,você deve estar se perguntando???
O que é black metal???
Calma...A WIKIPÉDIA responde:

Black metal é uma vertente extrema do heavy metal que surgiu nos anos 80 e que foi evoluindo ao longo dos anos. A música é caracterizada por andamentos rápidos, vocais rasgados, vocais guturais, guitarras altamente distorcidas tocadas em tremolo picking, uso de blast beats pela bateria, álbuns com produção lo-fi e estruturas sonoras não-convencionais. É um estilo sombrio, cru e agressivo que incorpora em suas letras temas como satanismo, anticristianismo e paganismo, sendo considerado usualmente o gênero musical mais extremo. Além disso, músicos do gênero costumam usar corpse paint e pseudônimos.

Sabendo disso...Agora podemos continuar.

Já deu para perceber que este estilo é bem casca-grossa,não é???
Mais cascas-grossas foram as bandas que ajudaram a expor e criar o estilo.
E o MAYHEM foi,e é uma das bandas mais polêmicas da história.
A NORUEGA é um país lindo,que possui uma qualidade de vida excelente.
Mas foi de onde este controverso estilo musical surgiu.
E nada irá mudar isso.
Até hoje,o país é o maior expoente de bandas deste estilo.
Curiosamente,mais de 70% dos habitantes deste país escandinavo,
professam o luteranismo como religião oficial.
Sem contar outras igrejas e seitas cristãs.
A luz e as trevas convivendo juntos.
Mas nem sempre em harmonia...

Suicídio,assassinato e canibalismo:

Tudo o que você precisa saber sobre o macabro passado da banda MAYHEM.

Senta...Que lá vem história!



🔴AJUDE-NOS A MANTER ESTE BLOG🔴

LEIA:

I-O COMEÇO DA BANDA
A fundação da banda remete ao ano de 1984,quando os jovens Euronymous (guitarra),
Necrobutcher (baixo) e Manhein (bateria),
influenciados por bandas como VENOM,CELTIC FROST e BATHORY,fazendo covers de bandas como BLACK SABBATH,VENOM,SODOM e MOTÖRHEAD,decidem começar a fazer música.
Inclusive,uma banda brasileira de BELO HORIZONTE/MG chamada SARCÓFAGO,também foi uma grande influência para o grupo na época.
Não só o grupo,mas toda a cena de black metal da NORUEGA.
Hoje em dia,a banda SARCÓFAGO não existe mais...Os rivais do SEPULTURA conseguiram ir para o mainstream.
A influência da banda SARCÓFAGO,não veio só do som...Os caras usavam corpse paint
(pintura de cadáver) nos shows,e isso acabou sendo adotado por toda cena norueguesa.
Dá um ar mais bizarro e amedrontador nas performances ao vivo.
Em 1986,entrou mais um integrante,chamado Messiah,que assumiu os vocais.
Antes dele entrar na banda,foi gravado uma demo chamado PURE FUCKING ARMAGEDDON,
com Euronymous e Necrobutcher nos vocais.
Só que Messiah ficou pouquíssimo tempo no grupo,não durando nem mesmo 1 ano.
Como precisavam de um novo vocalista,Maniac entrou no lugar de Messiah,e logo gravaram um EP chamado DEATHCRUSH,lançado pela POSERCORPSE MUSIC.
Messiah participa deste álbum apenas como convidado.
DEATHCRUSH foi relançado novamente em 1993 pelo selo independente de Euronymous com uma nova capa.
Em 1988,Maniac foi expulso da banda por abuso de drogas e álcool.
Não obstante,Manhein também deixa a banda,já que naquela época,não estava dando nenhum retorno financeiro,e ele decidiu sair da banda,e procurar um emprego normal.
Mais uma vez,a banda fica órfã,agora perdendo um vocalista e um baterista.
Por pouco tempo,Kittil Kittilsen assume os vocais,e Torben Grue assume a batera.
Mas saíram rapidamente também.
O grupo precisava urgentemente de membros fixos.

II-A ENTRADA DO VOCALISTA DEAD
Quando a banda abriu testes para vocalistas,um jovem da SUÉCIA,conhecido como Dead,
se interessou pelo cargo.
Como ele já se comunicava com a banda por cartas,foi mais fácil conseguir entrar.
Já começou estranho,quando ele mandou uma fita demo para a banda com os vocais,
e com a carcaça de um porquinho da índia já putrefato.
Apesar de ninguém do MAYHEM ser normal,acharam essa atitude dele muito estranha.
Mesmo assim,decidiram chamá-lo para integrar os vocais...E assim foi.
Dead estava no grupo.
Conforme o tempo passava,perceberam que Dead era totalmente sem noção.
Ele se cortava nos shows,usava corpse paint nos ensaios,enterrava suas roupas no mato para usar nos shows,tinha um corvo morto em um saco plástico,que ele usava para cheirar igual cocaína...etc.
Ele visivelmente,era um jovem com vários problemas mentais...Era um pobre coitado!!!
E Euronymous percebeu isso,e gostava de praticar bullying contra ele.
Sempre que podia,Euronymous estava lá perturbando ainda mais o pobre infeliz.
As brigas eram constantes!!!
Mesmo assim,ele era um importante membro do grupo...Os fãs o adoravam pelo seu estilo vocal.
Até hoje o adoram.
Mesmo fazendo um certo sucesso,movido pela depressão,Dead não aguentou...
E tirou sua vida no ano 1991,aos 22 anos.

III-O SUICÍDIO DE DEAD
Em 1991,cometeu suicídio dentro da casa que a banda ensaiava e morava.
Cortou os pulsos com uma navalha,e logo em seguida,atirou em sua própria cabeça com uma espingarda que teria sido emprestada por Varg Vikernes.
Antes de se suicidar,deixou um bilhete sarcástico escrito:
"Desculpe pelo sangue".
Ainda neste bilhete,ele conta porque resolver se matar...Segundo ele,sua alma pertencia aos bosques nórdicos para onde ele sempre quis ir.
Isso é um sinal claro de que ele sofria de esquizofrenia.
Euronymous foi o primeiro a chegar na casa,e encontrar o corpo de Dead sangrando,e com os miolos escorrendo por todo o chão.
E o que ele fez?
Por ser um tremendo filho da puta,Euronymous foi correndo comprar uma câmera fotográfica,
e tirou foto do corpo de Dead,e usou a foto posteriormente como capa de um bootleg da banda,
como visto na imagem acima.
Além disso,pegou uns pedaços do crânio dele,e fez um colar,além de comer uns pedaços do
cérebro do pobre rapaz.
Aí eu pergunto:
É ou não é um completo filho da puta???
Só depois de fazer todas essas merdas,ele resolve chamar as autoridades para recolherem o corpo.
O imbecil contou tudo o que fez com o corpo de Dead para o baixista Necrobutcher.
O mesmo ficou bastante puto com ele,e decidiu sair da banda.
Mais uma vez,precisavam de novos integrantes.

IV-O MOVIMENTO INNERCIRCLE
Se não já bastasse as controvérsias pela morte de Dead,e as loucuras de Euronymous,
o MAYHEM,mesmo assim,foi a banda mais importante do movimento INNERCIRCLE.
Um movimento anti-cristão formado por diversas bandas da NORUEGA,com o intuito de propagar o ódio e a aversão ao cristianismo,numa tentativa de se eliminar o cristianismo da NORUEGA,
igual os cristãos fizeram antigamente,quando eliminaram toda a cultura pagã nórdica,e substituiriam
pelo luteranismo.
Claro que não deu certo...Mas o movimento deixou algumas lembranças,como a queima de igrejas
(Algumas até históricas).
Inclusive,a imagem acima,é a capa do EP ASKE,do projeto BURZUM,
capitaneado por Varg Vikernes,que na época,também iria tocar no MAYHEM.
A capa é uma igreja histórica de BERGEN na NORUEGA,chamada FANTOFT STAVE CHURCH.
Como Varg nasceu e cresceu em BERGEN,ele é o maior suspeito de ter queimado esta igreja,
tirado a foto,e a usado como capa do álbum.
Hoje a igreja esta reconstruída e perfeita,do jeito que foi feita em 1150.
Mas não foram só igrejas que sofreram retaliações do INNERCIRCLE.
Várias bandas que eram consideradas "posers" pelos integrantes,também foram atacadas.
A banda americana de death metal DEICIDE,foi atacada durante uma turnê que faziam na época na SUÉCIA e NORUEGA...O ônibus que estava a equipe e os integrantes,foi apedrejado.
O vocalista da banda sueca de death metal THERION,teve sua casa queimada por uma maluca,chamada Maria,que era seguidora assídua de Varg Vikernes.
Ela ainda deixou um bilhete bem sarcástico dizendo:
"O CONDE ESTEVE AQUI"
(Fazendo referência a Vikernes).
Foi presa e levada para um hospício.
A banda inglesa de doom metal,PARADISE LOST,também sofreram várias retaliações do movimento.
Não que o MAYHEM ou Vikernes estariam envolvidos nesses ataques...Mas...Eles influenciavam esses jovens,que se sentiam no direito de fazer merda em nome de uma causa.
Inclusive,existe um manifesto de Euronymous,que ele ataca violentamente a banda brasileira SEPULTURA,de BELO HORIZONTE/MG.
As reuniões do INNERCIRCLE eram feitas nos porões da loja de discos HELVETE,
de Euronymous em OSLO.
Nesta loja,ele vendia discos de metal e rock em geral.
No mesmo lugar,funcionava o selo independente DEATHLIKE SILENCE PRODUCTIONS,
também de Euronymous.
Na época,o jovem Bard Faust,baterista da banda EMPEROR,frequentava as reuniões do grupo.
Em 21 de agosto de 1992,ele esfaqueou até a morte um homossexual,numa floresta ao redor de LILLEHAMMER.
Faust estava visitando sua filha lá.
Enquanto ele passeava pelo parque olímpico a noite,um homossexual,de nome Magne Andreassen,
o abordou.
O homem estava bêbado,e queria ter relações com Faust.
O homem o convidou para dar uma volta na floresta,e Faust aceitou.
Mas não aceitou porque também queria ter relações com ele,aceitou caminhar com o pobre coitado,para matá-lo.
E assim o fez!!!
Matou o homem por nada,usando uma faca...Ao todo,foram 37 facadas,e um chute no crânio para ver se o homem estava realmente morto.
Faust foi preso por este crime em 1993,e foi sentenciado a 14 anos de prisão.
Cumpriu apenas 10 anos de pena,e foi solto em 2003.
Dizem que o homem que ele matou era um pedófilo procurado.
Se realmente for verdade...Ele acertou errando.
Mas mesmo assim,não justifica ter feito o que fez com tamanha violência e crueldade.
Na época ele disse que não sentiu remorso algum.
Ele estava encantado com histórias de serial killers,e queria matar alguém para ver como era.
Hoje se diz arrependido,e que nunca foi fascista ou satanista,mas na época,deixou o ódio e a negatividade consumir o seu interior.
Quando saiu da prisão,voltou a tocar no EMPEROR,e fez várias participações em outras bandas,como ULVER.
Hoje toca bateria numa banda de punk/black metal chamada SCUM.
Mas a marca sempre vai ficar.
Sempre será visto como um assassino.
Esse era o INNERCIRCLE.
Praticamente,um movimento terrorista.
Mas calma...Estamos só no começo...

V-A GRAVAÇÃO DO ÁLBUM "DE MYSTERIIS DOM SATHANAS"
Dead tinha se suicidado,e Necrobutcher tinha saído da banda por causa de Euronymous,
mais uma vez,o MAYHEM estava desfalcado.
Na verdade,ficou apenas com dois integrantes (Euronymous na guitarra,e Hellhammer na bateria).
Nos shows,foi chamado um baixista chamado Occultus,para tapar buraco.
Mas ele ficou apenas por um curto período.
E mais uma vez,por causa de Euronymous.
Euronymous tinha o ameaçado de morte
(ele era só garganta,já que seria morto futuramente por Varg).
Mas...Para homenagear Dead,lançaram um álbum ao vivo chamado LIVE IN LEIPZIG,
que era um show que eles tinham gravado na ALEMANHA,na cidade de LEIPZIG,
quando Dead ainda estava vivo.
Como precisava de integrantes,Euronymous chamou Varg (hahaha) para o posto de baixista,
Snorre Ruch para a segunda guitarra,e o húngaro Attila Csihar para os vocais.
A banda estava pronta para gravar.
Mas tudo começou a dar errado quando um repórter quis entrevistar Varg.
E assim foi.
Mas na entrevista,Varg falou um monte de imbecilidades e mentiras apenas para assustar o tal repórter...E deu certo.
Logo depois,o repórter procurou a polícia,denunciou Varg,e as autoridades o prenderam acreditando nos relatos.
Isso fez muito mal a banda,já que a mídia caiu matando em cima deles,e Euronymous teve que fechar sua loja em OSLO,por ordem dos pais.
Era o fim das reuniões do INNERCIRCLE.
Varg ficou uns meses preso,e quando saiu,soube que Euronymous tinha fechado sua loja,
e isso o deixou muito puto!
Segundo ele,ele fez aqueles relatos para ajudar Euronymous,já que a loja não vendia bem,
e os relatos iriam atrair pessoas para a loja.
E atraiu mesmo...Depois da prisão de Varg,muita gente ficou curiosa,e quis conhecer de perto a fatídica loja.
Mas ao chegarem lá...Encontraram a loja fechada.
A maior parte do álbum já havia sido gravado no GRIEGHALLEN,em BERGEN.
O plano de Varg e Euronymous era explodir a CATEDRAL DE NIDAROS,
a qual aparece na capa do álbum...Mas a ideia imbecil dos dois não deu certo.
Daí em diante,uma rivalidade entre Varg e Euronymous nascia.
A rivalidade foi tanta,que Varg Vikernes matou Euronymous com 23 facadas,
depois de terem brigado feio.
Mas...Isso é um assunto pro próximo tópico.
O álbum foi lançado em 1994 em homenagem a Euronymous.
Os pais dele ficaram muito bravos com Hellhammer,porque ele pretendia lançar o álbum com os baixos gravados de Varg.
Ele prometeu aos pais de Euronymous que regravaria as linhas de baixo...Mas não fez.
O álbum foi lançado assim mesmo.
Assassino e vítima estão creditados no álbum.
DE MYSTERIIS DOM SATHANAS é considerado uma relíquia para os amantes de metal extremo,assim como é um álbum bastante influente na cena.
Também tem aquela aura de "álbum maldito".
Tirando todas as merdas,eu o considero como um bom álbum.
Não é uma obra-prima como dizem,mas também não é ruim.
Vale a pena você conhecer...
Em 2015,o MAYHEM gravou um live deste álbum na SUÉCIA.
Agora com uma roupagem mais técnica e profissional.
E se sairam muito bem.
Um bela homenagem ao icônico trabalho.

VI-O ASSASSINATO DE EURONYMOUS POR VARG VIKERNES
Olhando assim...Todos pensariam que os dois foram grandes amigos.
Mas como disse anteriormente,uma rivalidade entre os dois tinha sido criada.
Mas eles cultivavam sim uma "certa" amizade.
Euronymous já tinha lançado alguns álbuns do BURZUM (projeto de Varg)
pela DEATHLIKE SILENCE PRODUCTIONS,e tinha participado de três faixas como convidado no debut da banda em 1992.
Mas toda essa amizade,veio por água abaixo,quando Euronymous fechou a loja.
A partir daí,criou-se uma disputa de ego violenta.
Brigavam até por questões ideológicas...Varg achava que não fazia sentido as letras glorificarem satanás,já que satã é uma figura mitológica cristã.
Varg preferia mais falar do paganismo nórdico e seus costumes.
Já Euronymous era um satanista convicto,e não concordava com isso.
O fato era que Euronymous começou a ter ciúmes de Varg.
Todos da cena já estavam vendo que Euronymous era só um falastrão metido a malvadão.
E por isso,toda a atenção foi pra Varg,e isso o deixou muito puto.
Também tinha muitas questões contratuais pendentes entre os dois.
Não era só uma treta entre jovens...A coisa estava ficando séria.
Tão séria que,Euronymous já bolava um plano para matar Varg (novidade).
O plano era atrair Varg para uma floresta,amarrá-lo,torturá-lo,e filmar toda a ação.
Mas Euronymous fazia questão de contar para todo mundo o seu mirabolante plano maquiavélico.
E claro...Varg ficou sabendo,e decidiu confrontá-lo.
E assim o fez...
No dia 10 de agosto de 1993,Euronymous foi assassinado.
Varg e Snorre dirigiram por mais de 500KM entre BERGEN e a capital OSLO,
no apartamento de Euronymous.
Ao chegar lá,houve uma briga entre os dois,e Varg acabou o matando com 23 facadas,
com direito a uma facada final no crânio.
Varg tinha chegado com um contrato,e o mandou se foder...E claro,Varg tirou satisfações sobre o plano que Euronymous tinha de matá-lo.
Euronymous o atacou,e a briga começou.
Varg foi preso dias depois,e condenado a 21 anos de prisão (pena máxima na NORUEGA),
mas saiu em 2004.
Snorre foi condenado por cumplicidade,e pegou 8 anos de prisão.
Attila tinha voltado para a HUNGRIA para terminar seu curso de engenharia,restando apenas o baterista Hellhammer como membro.
Hellhammer lançou o DE MYSTERIIS DOM SATHANAS,e encerrou a banda na época.
Seria o fim do MAYHEM???
Por que foi o fim dos encontros do INNERCIRCLE,da loja HELVETE,
e do selo DEATHLIKE SILENCE PRODUCTIONS.
A mídia norueguesa caiu matando em cima de toda cena de black metal.

VII-A REFORMULAÇÃO DA BANDA
Depois de tanta tragédia,em 1995,Hellhammer decidi reformular a banda.
Agora focada só em fazer música.
Chamou o guitarrista Blasphemer,e dois antigos membros do MAYHEM...Maniac e Necrobutcher.
A banda estava pronta para uma nova etapa.
Dois anos depois,lançaram um EP chamado WOLF'S LAIR ABYSS,
com direito a uma turnê pela EUROPA.
Em um desses shows,foi gravado um álbum ao vivo em MILAN,na ITÁLIA chamado MEDIOLANUM CAPTA EST,com participação especial de Attila Csihar nos vocais.
Mas não pense que a banda tinha se afastado das polêmicas,já que o baterista Hellhammer deu uma declaração polêmica ao dizer que era contra a mistura de raças entre noruegueses e estrangeiros,aliados as acusações de neo-nazismo que a banda sofria,por conta de usarem tais símbolos em seus shows,fizeram a atenção negativa se voltar novamente para o grupo.
Em entrevistas,a banda sempre disse que as vestimentas eram usadas apenas como estética para
os shows.
Em 2000,a banda lançou um álbum totalmente diferente do que estava acostumado,
o álbum se chama-se GRAND DECLARATION OF WAR,tocando um black metal com influências do prog metal e do avant-gard metal,conceitual,totalmente experimental,em que aborda temas como guerra e destruição pós-apocalíptica.
Muitos fãs antigos,torceram e ainda torcem o nariz para este álbum,já outros,viram este trabalho como uma nova fase da banda,já que era diferente de tudo o que já tinham lançado.
Vocais falados e efeitos eletrônicos,causou um estranhamento...Mas,a banda já tinha experimentado um pouco no EP WOLF'S LAIR ABYSS,mas aqui,o experimentalismo é bem escrachado,sem medo nenhum de inovar.
É um ótimo álbum por sinal.
É aquele álbum que,ou você ama,ou você odeia.
Em 2003,a banda se meteu em uma nova polêmica,quando um fã foi atingido no crânio por uma cabeça de carneiro que tinha sido atirada ao público durante um show.
O fã sofreu uma fratura,e foi levado ao hospital.
As acusações foram arquivadas,e a banda considera esse evento como um acidente.
Em 2004,a banda lança o álbum CHIMERA,um black metal brutal misturado com o prog metal.
No mesmo ano,o vocalista Maniac foi novamente expulso pela banda pelo mesmo problema de antes...Alcoolismo.
Ele também desenvolveu um medo de palco terrível,aliado a uma briga violenta que ele teve com o guitarrista Blasphemer.
Não deu mais para continuar.
Novamente,o MAYHEM estava carente nos vocais.

VIII-TROCA DE INTEGRANTES
Com a saída de Maniac,Attila foi chamado de novo ao posto (e permanece até hoje).
Um quarto álbum foi lançado,intitulado de ORDO AD CHAO em 2007.
Os experimentos continuam com uma atmosfera sombria e crua,com faixas de longa duração.
As letras agora são mais focadas em temas filosóficos gnósticos.
A banda recebeu boas críticas com o lançamento,e é um álbum adorado pelos fãs.
O trabalho recebeu o prêmio SPELLEMANNPRISEN,como "melhor álbum de metal".
E sim,o álbum é matador (SIC)...Um perfeito álbum de black metal!
Com todas as criticas positivas e o prêmio recebido,o MAYHEM estava de novo no topo.

IX-A HISTÓRIA RECENTE DA BANDA 
O guitarrista Blasphemer deixa a banda,e em 2008,entra Morpheus para assumir o cargo durante uma turnê pela AMÉRICA DO SUL.
Depois de 1 ano,entra outro guitarrista,o músico francês Silmaeth como segundo guitarrista.
Em 2011,Silmaeth deixa a banda,e no seu lugar entra o guitarrista TELOCH
(ex-GORGOROTH e OV HELL).
Em 2012,Morpheus deixa banda e entra Charles Hedger na segunda guitarra.
Em 2013,a banda passou o tempo compondo músicas para o excelente álbum
ESOTERIC WARFARE,que foi lançado em 6 de junho de 2014.
Em 2019,estréia o filme LORD OF CHAOS,baseado no livro de mesmo nome,que conta toda a história da cena black metal da NORUEGA.
Tanto o MAYHEM,e todas bandas do INNERCIRCLE,ficaram conhecidas no mundo todo por conta do filme.
O filme teve uma repercussão gigantesca,e foi criticado por Varg Vikernes,que disse que tinha odiado a produção.
Apesar do filme ser meio fantasioso,o MAYHEM mais uma vez estava nos holofotes.

X-COMO ESTÃO OS INTEGRANTES?
Em seus mais de 30 anos de vida,já passaram vários integrantes que deram vida a banda até os dias de hoje.
Vamos ver...

EURONYMOUS
Øystein Aarseth foi morto com uma facada no crânio por Varg Vikernes durante uma briga em seu apartamento em OSLO (capital da NORUEGA).
Antes disso,já tinha levado várias facadas em seu corpo (um total de 23).
Mas ele planejava matar Varg antes,e contava isso para todo mundo.
O plano era atrair Varg,sedá-lo,amarrá-lo e torturá-lo até a morte,filmando tudo,
como em um filme snuff.
Varg soube disso,e na hora que se encontraram,uma briga começou,e Euronymous foi morto.
E olha...Varg fez um bem à humanidade.
Euronymous era um comunista/satanista/maluco/psicopata,que adorava o terrorismo.
Se não tivesse morrido,estaria internado em alguma clínica psiquiátrica.
Hoje deve estar sendo enrabado pelo tinhoso com caco de vidro e areia.
Quando era vivo,possuía uma loja de discos chamada HELVETE,e um selo musical com o nome de DEATHLIKE SILENCE PRODUCTIONS,no qual lançou vários discos de várias bandas de
black metal e death metal.

VARG VIKERNES
Depois de matar Euronymous,Varg foi condenado a 21 anos de prisão (pena máxima na NORUEGA),
condenado pelo assassinato,e queima de várias igrejas norueguesas (algumas até históricas).
Ficou 16 anos preso,e saiu em condicional.
Foi preso novamente na FRANÇA com sua esposa,depois da polícia encontrar vários explosivos
com ele em seu carro.
Foi aberto uma investigação,mas nada de concreto foi revelado,e ele foi solto.
Continuou um bom tempo com seu projeto musical BURZUM,mas o projeto acabou em 2018.
Hoje ele vive no interior da FRANÇA numa fazenda com sua esposa e seus filhos.
Possuía um canal no YOUTUBE chamado THULEAN PERSPECTIVE em que falava sobre vários assuntos,e sobre sua vida pessoal.
Mas em junho deste ano,o YOUTUBE deletou o seu canal,e não se sabe se ele irá criar outro,ou voltar a ficar no limbo.
Também já escreveu vários livros e lançou um jogo de RPG de mesa chamado MYFAROG.
Até hoje é acusado de racista,nazista e antissemita.
E não é para menos...Sempre deu declarações polêmicas desde quando era jovem.
Hoje em dia,ele diz que não sente nenhum tipo de remorso por ter matado Euronymous.
E olha...E eu acredito nisso.

DEAD
Per Yngve Ohlin era um jovem sueco que era muito perturbado.
Sofria de apneia do sono na sua infância.
Quando tinha 10 anos,sofreu um rompimento no baço quando teve um acidente enquanto patinava
no gelo...Tanto que foi levado para o hospital,e foi dado como morto.
Conseguiu sobreviver,e ficou encantado com a morte por causa desta terrível experiência.
Por isso escolheu ser chamado como Dead (morto).
Antes de entrar para o MAYHEM,tinha fundado uma banda de black metal chamada MORBID,
e gravou uma demo.
O MAYHEM precisava de um vocalista,e Dead não perdeu tempo.
Ele já se comunicava a tempos com a banda por cartas,e enviou um pacote para os membros com uma fita demo,uma carta e um porquinho da índia em estado de putrefação.
Apesar da bizarrice,a banda gostou do material,mesmo achando tudo muito estranho,o chamou para ser o frontman.
Mas as bizarrices não acabaram por aqui.
Ele gostava de enterrar sua jaqueta que ele se apresentava nos shows,e a vestia toda suja e cheia de micróbios.
Imagina a coceira que isso dava!!!
Ele também gostava de usar o corpse paint (pintura de cadáver),inclusive nos ensaios.
Tinha um corvo morto ensacado que ele guardava embaixo de sua cama,e gostava de cheirá-lo sempre,e nos shows,gostava de se cortar.
As vezes ele perdia muito sangue,e era levado direto para o hospital depois das performances.
Ele era totalmente perturbado.
Ele era fanático pelos castelos Cárpatos e Pophyrians.
Também gostava de dizer que fazia parte de uma outra realidade paralela.
Caso claro de esquizofrenia.
Por ser um jovem perturbado e fraco,Euronymous gostava de praticar bullying contra ele.
Ficava enchendo o saco dele sempre quando podia.
Os integrantes morava juntos em uma casa alugada no meio da floresta...E dizem que uma noite,
Dead de sacho cheio da música alta que Euronymous estava ouvindo,se irritou,e foi dormir no meio do mato...E Euronymous pra atormenta-lo ainda mais,saiu com uma espingarda no escuro,e deu um tiro para cima,assustando a todos na casa.
A convivência era uma merda,mas se toleravam.
Dead gravou várias demos,EPs e bootlegs com a banda...Mas mesmo assim,é muito reverenciado pelos fãs.
Ele tem uma fanbase até hoje que o adoram.
O consideram como o melhor vocalista que passou pelo grupo.
Mas ele não durou muito...Resolveu acabar com a sua vida por conta da depressão.
Ele cortou os pulsos,e deu um tiro na cabeça com uma espingarda,que fora emprestada por Varg.
Antes do suicídio,deixou um bilhete escrito:
"Desculpe pelo sangue".
E como foi dito mais acima,Euronymous fez toda aquela bizarrice com o corpo dele.
Euronymous não deu sossego para ele nem depois de morto.

MANHEIM
Kjetil Esten Haraldsson Manheim foi o primeiro baterista da banda.
Ele gravou várias demos,e participou do álbum PURE FUCKING MAYHEM de 2008 como convidado especial.
Hoje toca nas bandas MARANATA,ORDER e THE RESIDENTS & BIG ROBOTS.

HELLHAMMER
Jan Axel Blomberg entrou na banda depois da saída de Manheim.
Ele acompanhou todas as desgraças de perto.
Eu acho que ele não participou de nenhum ato nefasto que seus colegas de banda fizeram.
Tanto que ele nunca foi preso e acusado de nada.
Ele foi o responsável por reestruturar a banda depois de todos os problemas.
Chamou seus colegas novamente,e reacendeu o fogo da banda mais uma vez.
Ele já tocou em inúmeras bandas da cena norueguesa,e hoje toca no MAYHEM e ARCTURUS.
É um dos melhores bateristas do mundo...Sua técnica e velocidade são impressionantes.
Uma curiosidade,é que ele tocou em uma banda cristã de black metal da NORUEGA chamada ANTESTOR,no álbum THE FORSAKEN.
Claro que deve ter rolado uma boa grana...Mas mesmo assim,não deixa de ser curioso.

NECROBUTCHER
Jørn Stubberud está na banda desde o começo.
Foi um dos fundadores do grupo,junto com Euronymous e Manhein,e é o único membro original que permanece até hoje.
Também nunca foi preso ou condenado pelos crimes que seus colegas de banda cometeram.
Inclusive,ele ficou muito puto com Euronymous depois da morte de Dead,por que Euronymous fez toda aquela bizarrice com o corpo do amigo,e saiu da banda.
Ele voltou ao grupo depois que Hellhammer o chamou de volta para reestruturar o MAYHEM.
E novamente...Permanece até hoje.
Também já tocou em várias bandas de black/thrash/death metal.
Ao lado de Blasphemer,participou do documentário METAL-A HEADBANGER'S JOURNEY no WACKEN OPEN AIR,em que deu uma entrevista bêbado para Sam Dunn.

ATTILA CSIHAR
Na época,Attila era o único membro da banda que não era nórdico.
Ele nasceu em BUDAPESTE,na HUNGRIA.
Quando não estava na NORUEGA...Se comunicava por cartas com os membros.
É um dos membros mais importante que já passaram pelo grupo.
Quando ele soube da morte de Euronymous,ficou muito triste e abalado.
Mesmo assim,sente algum apreço por Varg...Apesar de tudo.
Ao meu ver,ele é o melhor vocalista que já passou pelo grupo.
Ele consegue atingir notas incríveis com a sua poderosa voz.
Tanto que está até hoje no grupo.
Seu talento e técnica são inquestionáveis.
Quem diz o contrário,são só aqueles fãs chatos metidos a "truezões".
Além do MAYHEM,já participou de muitas outras bandas de peso,como SUNN O))) e ULVER.
Também nunca foi acusado e condenado por nada.

MANIAC
Sven Erik Kristiansen entrou na banda bem no começo,depois que Messiah,o vocalista original da banda saiu.
Mas não durou muito.
Ficou apenas 2 anos,e saiu do grupo também.
Fez muito bem ter saído,já que as desgraças começaram a acontecer,e ele estava fora daquele círculo de trevas.
Retornou depois que Hellhammer o chamou para reestruturar a grupo.
Quando ele voltou,gravou importantes álbuns com a banda.
Com o tempo,ele tinha desenvolvido um medo de palco terrível,além do alcoolismo.
Não deu outra...Foi forçado a sair novamente.
Hoje,vive com sua esposa Vivian Slaughter,que é baixista da banda japonesa GALLHAMMER.
Além disso,teve dois filhos de mães diferentes (ex-namoradas).
É considerado como um dos melhores vocalistas que passaram pela banda.
Seu vocal rasgado é matador!!!

MESSIAH
Erik "Billy" Norhein entrou na banda no ano de 1985,mas saiu no ano seguinte.
Mais tarde ele decidiu se dedicar ao hardcore punk.
Hoje em dia é vocalista de uma banda de death/black metal chamada ORDER.

BLASPHEMER
Rune Eriksen já tocou em trocentas bandas de metal da EUROPA.
Mas ele ficou mais conhecido por ter tocado no MAYHEM,no qual deixou a banda em 2008.
Apesar disso,participou de importantes álbuns do grupo.
Hoje toca numa banda de black/thrash metal da NORUEGA chamada AURA NOIR.

S.W. RUCH
Snorre Westvold Ruch estava no lugar errado,e na hora errada.
Ele foi junto com Varg para OSLO encontrar Euronymous.
Enquanto Varg e Euronymous estavam lutando até a morte, Snorre estava na frente do apartamento esperando Varg e fumando um cigarro.
Quando Varg saiu todo ensanguentado depois de matar Euronymous,Snorre ficou muito nervoso.
Chegou a ficar tremendo de medo da situação.
Ele fugiu do local junto com Varg.
Depois que Varg foi preso,ele também foi sentenciado a 8 anos de prisão por cumplicidade.
Ele tocou em várias bandas norueguesas,e hoje tem um projeto de música ambiente chamada THORNS LTDA.,que faz música para galerias e demais eventos de arte.

OCCULTUS
Stian Johansen,fez uma participação nos vocais em um bootleg single chamado HELVETE (THE OCCULTUS SESSIONS 1991).
Também tocou durante pouco tempo com a banda...Mas saiu por causa de Euronymous.
Foi um dos fundadores da loja de discos HELVETE,de Euronymous.
Também foi editor de uma fanzine chamado SEPULCHRAL NOISE.

GHUL
Charles Hedger é um músico britânico mais conhecido por ter tocado na banda CRADLE OF FILTH.
Também já tocou em várias bandas de death/black metal.
É apenas contratado pela banda,não tendo participado de nenhum ato nefasto do passado.

TELOCH
Morten Bergeton Iversen é um músico norueguês.
Já tocou guitarra em várias bandas de black/death metal.
Também está trabalhando como contratado da banda,e não participou de nenhuma desgraça que aconteceu no passado.

TORBEN GRUE
Tocou bateria na banda durante os anos de 1987-1988.
E olha que interessante...
Hoje ele é um cantor de ópera profissional,e se dedica a isso.

KITTIL KITTILSEN
Foi o vocalista da banda bem no começo.
Mas a deixou antes de toda desgraça acontecer.
Hoje é um cristão fervoroso,e deixou o mundo da música de lado.
Trocou Satã por DEUS.

Isso sem contar os músicos convidados.



🔴COMPREM NA NOSSA LOJINHA🔴

Tem um vídeo que ronda a internet,mostrando os integrantes da banda em uma casa
numa floresta.
Era a famosa casa que banda tinha alugado para morar e ensaiar.
Pode-se ver Dead,e o restante do grupo ensaiando a música DEATHCRUSH.
Esse vídeo é considerado uma relíquia pelos fãs.

ASSISTA:
Por este vídeo...Ninguém desconfiaria que alguma tragédia iria acontecer.
Eram apenas jovens querendo fazer música.
Mas como diz o ditado:
"As aparências enganam"

Também existe um vídeo do Varg,junto com Abbath (ex IMMORTAL e atual ABBATH),ensaiando com a banda OLD FUNERAL.

ASSISTA:

PARTE I

PARTE II
Eram apenas jovens fazendo bagunça e música.
Mas como eu disse antes...Quem poderia imaginar???

Este é o icônico vídeo de Varg Vikernes no tribunal,pronto para ser condenado.

ASSISTA:
Aquele sorriso...
Aquele maldito sorriso!!!
Nem parecia que iria ficar 16 anos trancafiado,vendo o sol nascer quadrado.

Para não ficar baseado apenas neste artigo...
Veja outras matérias de outros sites e canais sobre a banda.

LEIA:

SUICÍDIO,CANIBALISMO E ASSASSINATO 
(O PASSADO BIZARRO DA BANDA MAYHEM)

O PASSADO BIZARRO DA BANDA MAYHEM

A BANDA MAIS "SATÂNICA" DO PLANETA 

A HISTÓRIA DO BURZUM

O SONHO POR TRÁS DA DEATHLIKE SILENCE PRODUCTIONS

BAIXISTA NECROBUTCHER AFIRMA QUE ELE IRIA MATAR EURONYMOUS

Existem duas produções que explicam melhor esse bizarro passado da banda,e de todo movimento norueguês de black metal.
São o documentário UNTIL LIGHT TAKE US,e o filme que foi lançado neste ano chamado
 LORDS OF CHAOS.
Se esta matéria te interessou...Certamente você irá gostar desses filmes.

Hoje o MAYHEM esqueceu totalmente o passado sombrio,e ainda está na ativa.
Já vieram para o BRASIL,acho que umas duas vezes,e estão tocando em todo o mundo.
E não é para menos...
É uma das melhores bandas do universo headbanger.



🔴ENTREM NO NOSSO GRUPO🔴

Comentários

AUDIÊNCIA

SEGUIDORES