[CONTOS]:DER RATTENFÄNGER VON HAMELN

DER RATTENFÄNGER VON HAMELN (O FLAUTISTA DE HAMELIN) é um conto folclórico, reescrito pela primeira vez pelos Irmãos Grimm e que narra um desastre incomum acontecido na cidade de HAMELN,na ALEMANHA,em 26 de junho de 1284.
A versão mais conhecida deste conto foi a que os Irmãos Grimm publicaram.
Mas como é de praxe desses dois irmãos,eles apenas adaptaram vários contos que ouviram na infância para as suas obras.
Este conto é bem antigo,e existem várias versões dele.
Mas não importando as versões que você ler,o conto nos ensina a sempre honrarmos as
nossas dívidas.
Porque não tem como saber como vai ser a reação de quem levou prejuízo.



🔴AJUDE-NOS A MANTER ESTE BLOG🔴

LEIA:

Em um vilarejo chamado Hamelin, houve uma impestação de ratos, e os superiores do local disseram que daria recompensa à quem tirasse todos os ratos, então o flautista se apresentou e disse que nessa noite tiraria todos. Então os homens disseram que lhe daria uma moeda de ouro por cada cabeça de rato.
O flautista em meio a noite, começou a tocar uma linda melodia, na qual atraiu todos os ratos que estavam escondidos, ele saiu tocando incessantemente. Enquanto todos os ratos o seguiam, o homem os levava para bem longe da cidade, e os afogou em um rio caudaloso enquanto eles tentavam alcançar o flautista.
Porém os que lhe tinham feito a promessa de dar a recompensa não a cumpriram, então depois de alguns dias, o flautista enfurecido voltou ao lugar, e começou a tocar novamente seu instrumento, e desta vez quem o acompanhou foram todas as crianças, quando estavam extremamente longe de sua terra, ainda no encanto, foram trancados em uma caverna. E desde ali, nunca foi visto nenhum rato e nenhuma criança em Hamelin.
Todos ficaram muito desesperados e procuraram durante dias suas crianças, mas não encontraram nenhuma sequer. Então o flautista voltou à cidade e foi se encontrar com o Conselho que foram logo lhe pedindo:

– Por favor, flautista! Traga nossas crianças de volta! Prometemos pagar tudo o que devemos à você!

O flautista concordou com uma condição: nunca mais nenhum habitante de Hamelin iria descumprir uma promessa.
Todos concordaram e assim o flautista começou a tocar em sua flauta uma outra melodia. 
As crianças foram voltando aos poucos e logo estavam todas com seus papais e mamães!
O Conselho pagou o que devia ao flautista por livrar a cidade dos ratos e depois daquele dia nunca mais nenhuma pessoa em Hamelin descumpriu uma promessa!

Comentários

PUBLICIDADE

AUDIÊNCIA

SEGUIDORES

PUBLICIDADE