[ASSUSTADOR]:4 RELATOS DE ENCONTROS COM OS MISTERIOSOS HOMENS DE PRETO

Desde ROSWELL...Relatos de encontros com esses misteriosos agentes,
aparecem aos montes.
Em 1997 foi lançado o filme MEN IN BLACK (MIB-HOMENS DE PRETO),
com Will Smith e Tommy Lee Jones,em que narra com muito bom humor o trabalho de dois agentes do governo que monitoram aliens que vivem entre nós..
Bom humor só no filme mesmo!!!
Segundo relatos,eles são amedrontadores.
Não queira receber a visita deles.
Separei aqui quatro relatos de encontros que rondam a internet.
Reais ou não...
Somente você para julgar.



LEIA:

I-RELATO DE HAROLD DAH
No dia 21/06/1947,três dias antes do caso Kenneth Arnold, o senhor Harold Dahl protagonizou um contato que ficou conhecido como “O CASO DAS ILHAS MAURÍCIO”.
O senhor Dalh vinha em sua embarcação próximo a TACOMA,próximo ao Estado de WASHINGTON quando avistou seis objetos a cerca de 600m de altura.
Dahl vinha com mais dois tripulantes e seu filho de 15 anos,que também presenciaram o contato.
Em determinado momento,um dos objetos se aproximou mais da água e despejou o que parecia ser uma espécie de material derretido,inclusive o mesmo chegou a atingir o braço de seu filho e supostamente matar um cachorro que também se encontrava na embarcação.
Quando os OVNI's desapareceram,Dahl conseguiu colher uma amostra do misterioso material jogado no mar,além de ter tirado quatro fotos dos objetos não identificados.
Dahl entregou as fotos para seu superior,o senhor Fred L. Chrisman, juntas com os pedaços do material colhido no mar.
A história foi vendida para uma revista algum tempo depois,mas não ganhou muita repercussão,
nem ao menos os fatos que se seguiram ao dia seguinte do contato,quando um homem vestido de terno e chapéu pretos procurou Dahl em sua casa a fim de tratar de negócios.
Dahl não achou nada estranho,afinal ele negociava madeira e era comum que as pessoas viessem interessadas em seu trabalho.
O tal homem de preto disse a Dahl onde estava hospedado e os dois marcaram um encontro.
Ao chegarem no hotel,o homem o convidou para ir até um bar onde chegou a pedir um café.
Dahl surpreendeu-se bastante quando,no meio da conversa o homem de preto começou a lhe relatar tudo o que havia acontecido na noite do avistamento.
No final das conversa o estranho homem o ameaçou dizendo que ele tinha presenciado algo por acaso e para o bem de Dahl e de sua família,seria melhor esquecer o ocorrido.
Para piorar a situação o avião que vinha trazendo as fotos e o material recolhido no mar se acidentou.

II-RELATO DE HERBERT HOPKINS
O Dr. Hopkins era hipnólogo e estava trabalhando como consultor num caso ufológico.
Em um determinado dia o telefone chamou e o interlocutor se identificou como sendo o
vice-presidente de um centro de pesquisas ufológicas de NEW JERSEY.
O tal homem desejava abordar a respeito de um caso que estava pesquisando.
O Dr. Hopkins concordou em recebê-lo em casa e conversar com ele,mas para sua surpresa dentro de pouco tempo o homem já estava batendo à porta de sua residência.
Sua mulher e filha não se encontravam em casa e o Dr. Hopkins ficou só,
à mercê daquele estranho personagem.
O tal homem trajava camisa branca,terno preto,sapatos e gravatas da mesma cor,
luvas cinzas e um chapéu.
Consta que durante a conversa,fatos inusitados aconteceram.
O homem de preto tirou seu chapéu mostrando uma careca de cor cadavérica,além de algumas vezes passar a mão pelos lábios e as luvas saírem manchadas e algo vermelho parecido com batom.
O Dr. Hopkins ficou bastante perturbado e confuso durante aquela visita,sobretudo,
perante às ameaças que se seguiram contra ele.
O Homem de Preto,ou "MIB" como muitos os chamam,o ordenou a apagar todas as gravações que havia feito com as testemunhas sob hipnose.
O mais estranho da história ocorreu quando o MIB pegou uma moeda numa das mesas da casa e a desmaterializou nas mãos,perante os assustados olhos do Dr. Hopkins.
Completou ainda com a ameaça de que,se não parasse com as pesquisas ufológicas,
o mesmo aconteceria com seu coração.
Profundamente aterrorizado,consta que o Dr. Hopkins não discutiu com o MIB durante a conversa e nem questionou nenhuma de suas ameaças (ou pelo menos não se lembra disso).
Ele apenas obedeceu tudo,exatamente como foi ordenado e apagou todas as fitas que continham os depoimentos das testemunhas sob hipnose e se afastou do caso de estava pesquisando.
O mais estranho foi quando a filha e a mulher do Dr. Hopkins chegaram em casa e o encontraram profundamente perturbado,com todas as luzes da casa acesas,sentado junto a mesa sob a qual
havia um revolver.
Confirmaram ainda marcas de passagem de carro na estrada próxima e uma série de distúrbios telefônicos que começaram a ocorrer logo depois da visita do MIB.
Esses detalhes da história confirmam que realmente algo de muito grave aconteceu e que não foi fruto da imaginação do Dr. Hopkins.
O mais correto,seria pensar que ele realmente teve uma espécie de surto psicótico,mas,certamente, provocado pela presença do próprio MIB.

III-RELATO DA CIDADE DE "ILKLEY MOOR"
No amanhecer do dia 30 de novembro de 1987 em ILKLER MOOR,WEST YORKSHIRE, INGLATERRA,um ex-policial, que chamaremos de Philip Spencer,tirava fotografias do povoado de MENSTON com sua câmera,quando percebeu que diante dele,a uma certa distância,
havia um estranho "ente de aparência esverdeada".
Após esse avistamento,sua próxima lembrança foi de ter chegado a MeENSTON algum tempo depois,desorientado e confuso.
Nessa mesma manhã levou o filme para revelar e,duas horas depois,quando pegou as fotos,
descobriu que a entidade tinha sido fotografada.
Assustado com o estranho "encontro",procurou o endereço da ufóloga Genny Randles,
e escreveu-lhe contando sua experiência.
Randles entrou em contato com outro investigador,Peter Hough, que sugeriu que o próprio Spencer
e a fotografia fossem investigados.
O ex-policial concordou em cooperar.
Depois de seis semanas de investigação,Spencer recebeu a inesperada visita de dois homens vestidos com ternos pretos,os quais se apresentaram como Jefferson e Davis,oficiais da RAF.
Explicaram a Spencer que deveriam ficar com a fotografia de ILKLER MOOR.
Porém,Spencer já havia entregado a foto solicitada para Hough e os dois homens foram embora
de mãos vazias.
O que surpreendeu Spencer foi o fato deles saberem a existência da fotografia.
Só sua mulher,Peter Hough ,Genny Randles e Arthur Tomlinson,outro investigador sabiam do caso.
Hough contactou o serviço de inteligência da RAF para confirmar a identidade dos visitantes. Disseram-lhe que não sabiam quem eram e que não tinham enviado nenhum agente ao seu encontro.
Hough concluiu que Spencer tinha sido vítima de um dos estranhos fenômenos relacionados atualmente com os ÓVNIs:
 Uma visita dos Men In Black (Homens de Preto).
O relato de Spencer poderia facilmente ser considerado um delírio,
se não fosse pela declaração do doutor Jim Singleton,o psicólogo que fez uma série de testes,
onde a autenticidade do depoimento de Spencer é comprovada.
Além disso,a experiência do ex-policial está longe de ser a única.
Os arquivos de muitos pesquisadores do fenômeno OVNI estão repletos de casos semelhantes: Ameaçadores homens de preto visitam as suas vítimas com a intenção de exigir-lhes silêncio.

IV-RELATO DE PAUL MILLER
Paul Miller estava voltando para casa depois de uma caçada quando viu um disco "luminoso" no céu. O disco caiu em um campo vazio e dois humanoides emergiram da nave.
Miller disparou sua arma contra eles e acreditou ter ferido um deles,quando fugiu por uma estrada rural em seu carro.
No entanto, naquele momento, ele percebeu que havia sofrido do efeito "missing time".
Eram quase três horas mais tarde do que quando ele encontrou pela primeira vez o disco.
Ele deu de ombros e voltou para o seu emprego na Força Aérea no dia seguinte.
No entanto,ao entrar no trabalho,ele foi imediatamente confrontado por três homens de terno preto. Disseram-lhe que "tinham o seu dossiê".
Apesar de não terem contado a ninguém sobre o evento,os homens disseram que "sabiam de tudo" e mencionaram que o encontro deveria ser esquecido.
“Eles pareciam saber tudo sobre mim;
Onde eu trabalhava,meu nome,tudo mais”,disse Miller.
Eles também fizeram perguntas sobre sua experiência como se já soubessem as respostas.
 Miller,aterrorizado,não falou sobre sua experiência até anos depois.

LINKS:

OS MISTERIOSOS HOMENS DE PRETO

12 HISTÓRIAS ASSUSTADORAS DE ENCONTROS COM OS HOMENS DE PRETO



Tem um vídeo em que ronda a internet,em que dois MIBs são flagrados entrando dentro de
um hotel.
Veja logo abaixo...

ASSISTA:
Um vídeo vale mais do que mil imagens!!!

Vamos supor que esses MIBs são reais.
Quem são eles?...De onde vieram?...Trabalham pra quem?
Existem duas teorias para a existência deles.

LEIA:

I-ALIENS DISFARÇADOS
Que teoria maluca,não é mesmo???
Se a existência deles já é questionável...Imagina dizer que são aliens disfarçados que vivem
entre nós...
Parece loucura!!!
Esses seres teriam o trabalho de abafar casos de aparições e não deixarem as pessoas questionarem se aliens vivem entre nós.
Se você procurar mais relatos de encontros com MIBS,muitos relatam que eles mal sabem agir como seres humanos normais:
Andam diferente,agem diferentes,não falam direito e possuem uma aparência bastante peculiar.
Parecem que usam disfarces bem mal feitos mesmo.
Apesar de parecer loucura,é bem assustador pensar nisso.

II-AGENTES SECRETOS DOS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA
Sempre quando ocorre uma aparição de OVNIs...Eles estão lá intimidando as testemunhas a não falarem mais sobre o assunto.
Segundo relatos,é claro.
E se as testemunhas não obedecerem...A violência é a regra.
Isso leva a crer que são agentes altamente secretos governamentais,que são usados para abafar os casos ufológicos.
São frios e calculistas.
Essa teoria é bem mais plausível.
Não devemos duvidar de nada que o governo é capaz de fazer!!!

🔴AJUDE-NOS A MANTER ESTE BLOG🔴

Qual a sua opinião sobre este assunto???